Um dos principais dilemas na hora de escolher os componentes para montar um computador é decidir entre uma placa mãe no formato ATX ou o menor microATX. Entenda as diferenças entre eles para fazer a melhor escolha para o seu PC:

Placa Mãe ATX vs. microATX: Qual Devo Escolher para o meu PC?插图
Tamanho e Dimensões
O formato ATX padrão mede 30,5 x 24,4 cm, enquanto o microATX é menor, com 24,4 x 24,4 cm. O ATX permite construir PCs maiores, o microATX é para setups mais compactos.
Expansão e Slots
Placas ATX contam com 7 slots de expansão PCI/PCIe, permitindo instalar mais placas de vídeo, som, captura e outros addons. Já o microATX possui no máximo 4 slots, limitando upgrades.
Memória RAM
Em geral placas ATX possuem 4 slots de memória RAM, permitindo instalar até 128GB. O microATX costuma ter apenas 2 slots, limitando o máximo a 32GB em muitos modelos.
Overclocking
Devido ao maior espaço para dissipação de calor e circuitos de energia mais robustos, o ATX costuma ter melhor suporte para overclock do que placas microATX.
Recursos e Portas
Por ser maior, o ATX costuma trazer mais portas USB, SATA, slots M.2 e outros recursos. O microATX tende a ter menos conectividade devido ao espaço limitado.
Preço
Placas mãe ATX têm preços mais elevados em geral. O microATX costuma ser uma opção mais em conta para orçamentos menores.
Portanto, avalie o quanto deseja expandir o PC, a quantidade de recursos necessários e o tamanho do gabinete ao optar entre esses dois formatos de placas mãe populares.
Placa Mãe ATX vs. microATX: Qual Devo Escolher para o meu PC? – Continuação
Além das diferenças técnicas, alguns outros fatores também devem ser levados em conta na hora de decidir entre ATX e microATX:
– O microATX permite construir PCs menores, ideais para setups compactos, lançamentos ou transporte fácil. Já o ATX é melhor para expansão e performance máxima.
– Verifique a compatibilidade do gabinete, pois nem todos comportam placas mãe em formato ATX. O microATX serve em quase todos os casos.
– Placas microATX podem resultado em construções mais baratas, porém com menos espaço para upgrades. O ATX tem custo maior, porém mais capacidade de expansão.
– Para sistemas dedicados a games, edição de vídeo e tarefas exigentes, o ATX é mais recomendado para dissipação de calor e overclocking.
– Se não há planos de fazer overclock pesado ou adicionar muitos periféricos, o microATX pode ser suficiente e economizar espaço.
– Modelos microATX mais simples podem ter menos recursos como portas USB 3.0, M.2 e áudio de qualidade se comparados a opções ATX.
– Placas mãe de marcas reconhecidas tendem a ter bom desempenho e recursos em ambos os formatos.
Portanto, considere seus objetivos, orçamento e necessidades ao fazer essa escolha para garantir a melhor experiência com seu computador personalizado.
Aqui estão algumas recomendações finais na hora de decidir entre placas mãe ATX ou microATX:
– Pesquise sobre os chipsets mais recentes, eles oferecem os melhores recursos de conectividade e performance.
– Dê preferência às marcas mais conhecidas como ASUS, Gigabyte, MSI, pois investem em qualidade e suporte.
– Modelos de entrada são boas opções para quem tem orçamento limitado, mas aceite menos recursos.
– Placas topo de linha trazem os melhores componentes, ideais para quem busca máximo desempenho.
– Leia reviews de usuários e especialistas para avaliar prós e contras de cada modelo que considerar.
– Não compre apenas pelo preço, compare também recursos, construção, suporte do fabricante.
– Certifique-se que o processador e demais componentes escolhidos são compatíveis com a placa mãe.
– Invista em uma boa fonte para garantir energia estável a longo prazo, principalmente para placas ATX.
Analisando todos esses fatores, ficará mais fácil tomar a decisão certa entre uma placa mãe ATX ou microATX, garantindo que seu PC terá o formato e performance ideais para o seu uso.

By Iye

Leave a Reply