Se você acabou de comprar um novo USB de marca ou qualquer outro tipo de dispositivo USB e notou velocidades de leitura e gravação incrivelmente lentas no Windows, há algumas coisas que você pode fazer para acelerar as coisas.

Maneiras de corrigir velocidades lentas de transferência USB no Windows插图

Idealmente, o USB 3.0 deveria atingir confortavelmente velocidades de gravação de pelo menos 5 GBps por segundo, talvez até mais rápido que isso. No entanto, neste artigo, abordaremos algumas maneiras de desbloquear o verdadeiro potencial do seu USB.

O que pode estar causando velocidades lentas de transferência USB?
Normalmente, as velocidades de transferência USB diminuirão significativamente se você estiver enfrentando um ou mais dos seguintes problemas:

Setores ruins.
Fontes de alimentação instáveis.
Transferindo arquivos grandes.
A porta USB está desatualizada e, portanto, não é compatível com uma unidade mais recente.
O USB está quase cheio, limitando assim as velocidades de transferência.
Geralmente, você pode reconhecer quando um USB está transferindo a uma taxa mais lenta se não conseguir atingir as seguintes taxas de transferência, normalmente:

USB 3.1 – 10 GBps
USB 3.0 – 5 GBps
USB 2.1 – 480 Mbps
USB 1.1 – 12Mbps
Você também pode notar que ao transferir arquivos o processo nunca chega a 100%, ou pode durar horas mesmo para arquivos menores.

Se isso estiver acontecendo com você, há algumas coisas que você pode fazer.

Método um: recuperar dados
PC recuperar dados

Se a sua unidade USB não consegue ler e gravar arquivos, você pode ter setores defeituosos (corrompidos) na sua unidade, o que pode significar que você perdeu seus dados. Para remediar isso, você pode recuperar todos os seus arquivos do USB e formatar a unidade para reparar os setores defeituosos, para aumentar a velocidade.

Um software confiável de recuperação de dados será capaz de escanear o USB e coletar todos os dados recuperáveis que você possa ter perdido.

Etapa 1: execute seu software de recuperação de dados preferido

Conecte o USB ao seu dispositivo e inicie o software de recuperação de dados. Encontre a área que permite verificar unidades externas e verifique-a – ela começará a verificar arquivos perdidos.

Etapa 2: pesquisar arquivos perdidos

O que aparece pode variar dependendo do software escolhido, mas você deverá ver uma lista de dados que foram recuperados após a conclusão da verificação.

Etapa 3: restaurar os dados

Depois de selecionar todos os dados que deseja recuperar, você pode salvá-los em um local seguro no seu dispositivo para facilitar o acesso posteriormente.

Método dois: reformatar para reparar setores defeituosos
Depois de obter os dados necessários, você pode formatar a unidade flash para reparar setores defeituosos e melhorar a velocidade. Para fazer isso:

Etapa 1: conecte seu USB ao dispositivo

Abra ‘Este PC’ (ou equivalente dependendo do dispositivo que você está usando) e clique com o botão direito no USB em questão e selecione o formato.

Etapa 2: Sistema de arquivos ‘NTFS’

Defina o sistema de arquivos como NTFS, clique em Iniciar, marque a caixa Formatação Rápida e clique em OK para formatar seu USB.

Depois de fazer isso, seu dispositivo USB ficará muito mais rápido e você poderá até aplicar os arquivos recuperados de volta à unidade flash, se desejar.

Método três: converter o sistema de arquivos USB em NTFS
A maioria dos USBs são configurados para o sistema de arquivos FAT32 como padrão, devido à sua capacidade com uma ampla variedade de dispositivos. No entanto, se você deseja melhorar a velocidade de transferência de arquivos, o NTFS é uma opção muito melhor para você.

Para fazer isso, siga cuidadosamente as instruções abaixo, mas primeiro faça backup de seus dados ou mova-os para outro dispositivo.

Etapa 1: pressione “Windows + “R”

Assim que Executar aparecer na tela, digite “diskmgmt.msc” para abrir o gerenciamento de disco.

Etapa 2: selecione a partição

Selecione a partição que deseja editar e selecione o formato.

Etapa 3: rótulo do volume

Formatar imagem USB do DiskPart

Selecione o rótulo do volume e, em seguida, selecione o sistema de arquivos NTFS, padronize o tamanho da unidade de alocação, marque executar uma formatação rápida e, em seguida, OK.

Método quatro: otimizar o desempenho
Otimizar o desempenho geral do seu USB é uma ótima maneira de aumentar as velocidades de transferência.

Para fazer isso, siga estas etapas:

Etapa 1: Gerenciador de dispositivos

Gerenciador de Dispositivos

Imagem do Windows

Clique com o botão direito no ícone do Windows no canto inferior esquerdo da área de trabalho e digite ‘gerenciador de dispositivos’ na barra de pesquisa.

Passo 2: Acesse as unidades de disco

Vá para Unidades de disco e clique para expandir. Aqui você deve encontrar seu dispositivo USB, clicar com o botão direito nele e selecionar Propriedades.

Etapa 3: Políticas

Acessar unidades de disco

Imagem do meio

Navegue até a guia Políticas e verifique Melhor desempenho. Depois de confirmar isso, sua unidade será otimizada e, depois de reiniciar o computador, você notará um desempenho melhorado de leitura e gravação na própria porta.

Método cinco: habilitar unidades 3.0 no BIOS
Na maioria dos dispositivos modernos, o USB 3.0 geralmente está habilitado como padrão. No entanto, se você tiver um USB 3.0 ou 3.1 e ele estiver lento, verifique e certifique-se de que o USB 3.0 esteja habilitado no BIOS.

By 伊耶

Leave a Reply