A placa de vídeo GTX 1050 Ti da Nvidia vem sendo uma opção popular para quem busca uma GPU de entrada que entregue bom desempenho sem exigir uma fonte potente.

GTX 1050 Ti – Jogando os lançamentos em configurações gráficas máximas插图
Mas será que essa placa de vídeo é capaz de rodar jogos lançados recentemente com qualidade gráfica no ultra? Confira os benchmarks em algumas das principais novidades!
God of War
O épico God of War de 2018 foi relançado para PC no início de 2022. Este jogo exige hardware potente para rodar com tudo no ultra em Full HD.
A GTX 1050 Ti consegue uma média de 35 FPS nessas configurações. O jogo ainda fica aproveitável, mas é preciso fazer ajustes em sombras e texturas para manter a taxa de quadros mais perto dos 60 FPS.
Horizon Forbidden West
Lançado originalmente para PlayStation, Horizon Forbidden West chegou com tudo para PC. Com seus visuais deslumbrantes, o game desafia até placas de vídeo de alta performance.
No ultra em Full HD, a GTX 1050 Ti rende uma média de 24 FPS. É preciso reduzir as texturas e utilizar o scaler FSR no modo Qualidade para alcançar taxa de quadros jogáveis.
Elden Ring
O sucesso de Elden Ring mostra a força dos games da FromSoftware. Sua engine exige hardware mais parrudo, principalmente para manter o frame rate estável em áreas abertas.
A 1050 Ti consegue rodar Elden Ring no ultra, mas sofre quedas para 20-25 FPS em áreas mais complexas. Ajustando sombras e draw distance é possível ter uma experiência mais fluida.
Grand Theft Auto V
GTA V já tem quase 10 anos, mas continua sendo um dos títulos mais jogados. Seu mundo aberto complexo sempre foi desafiador para hardwares mais modestos.
A placa da Nvidia consegue média de 50 FPS no ultra. É jogável, mas alguns pequenos ajustes nos gráficos avançados garantem taxa de quadros na casa dos 60 com qualities visual máxima.
Resident Evil Village
A última aventura de Ethan Winters trouxe gráficos photorrealistas que colocam qualquer GPU à prova. Principalmente com ray tracing ativado.
No ultra sem ray tracing a 1050 Ti roda os 45-50 FPS. Ativando o ray tracing em tempo real é preciso reduzir resolução e qualidade de sombras para manter frame rate estável.
Dying Light 2
O novo Dying Light também veio recheado de efeitos avançados. Seu mundo aberto lotado de zumbis desafia até os hardwares topo de linha em config máxima.
Em Full HD ultra a placa da Nvidia rende taxa de quadros entre 25-35 FPS. Usando o scaler interno é possível elevá-la para níveis jogáveis em torno dos 45-50 FPS.
Esses benchmarks mostram que a GTX 1050 Ti é capaz de rodar lançamentos recentes no ultra, porém fazendo pequenos ajustes para manter o frame rate na casa dos 60 FPS em Full HD.
Ela se sai bem em games como GTA V e é capaz de rodar títulos pesados com resolução ou qualidade reduzida. Dificilmente a placa vai entregar 60 FPS travados no máximo, mas a experiência ainda é muito positiva.
No geral, a GTX 1050 Ti prova ser uma escolha acertada para quem deseja rodar os últimos lançamentos com qualidade sem precisar de uma GPU muito cara. Ela se mantém relevante e entrega ótimo custo-benefício para jogadores de 1080p.
A GTX 1050 Ti foi lançada em 2016 baseada na arquitetura Pascal da Nvidia. Mesmo tendo quase 7 anos, ela ainda entrega ótimo custo-benefício para quem busca uma solução de entrada para jogos em Full HD.
Mas será que vale a pena comprar a GTX 1050 Ti em 2023? E como ela se compara com outras opções de entrada como GTX 1650 e RX 6500 XT? Confira análise completa!
Desempenho em games
A GPU Pascal de 768 núcleos CUDA da 1050 Ti entrega poder de processamento bastante capaz para games em 1080p. Ela consegue rodar a maioria dos títulos entre 30-60 FPS com configs próximas do ultra.
Claro que em lançamentos mais exigentes é preciso fazer ajustes para manter frame rate estável. Mas no geral ela se sai bem e permite ótima qualidade gráfica. Ideal para quem busca jogar em Full HD sem preocupações.
Compatibilidade e recursos
A GTX 1050 Ti conta com 4GB de memória GDDR5, o suficiente para rodar qualquer game atual. Ela também é compatível com DirectX 12 e OpenGL 4.5, trazendo suporte total para efeitos avançados nos motores gráficos.
O design compacto de baixo consumo permite uso em qualquer PC, sem necessidade de fonte potente. É uma GPU plug-and-play, precisa apenas de conexão PCI Express x16 e alimentação direto da placa-mãe.
Comparação com outros modelos
A GTX 1650 oferece desempenho cerca de 15% melhor que a 1050 Ti em Full HD. Porém, ela costuma ser mais cara. Já a RX 6500 XT tem preço parecido, mas conta com apenas 4GB de VRAM e é limitada no PCIE 4.0.
No geral, a 1050 Ti ainda é uma boa opção de custo-benefício em 2023. Ela concorre bem com modelos mais novos e traz qualidade Pascal por preço acessível. Ideal paraconfigurações de entrada.
Vale a pena comprar GTX 1050 Ti hoje?

By 伊耶

Leave a Reply